PodCast #FalaPapa

Clique para ouvir o Podcast

terça-feira, 10 de maio de 2016

Renuncia o mundo! Segue a tua vocação! | Um Mês com Maria #7



Francisco era um jovem que, embora tendo uma educação cristã, entregou-se as vaidades mundanas, as alegrias das festas, etc. Mas embora vivendo entregue as coisas do mundo, ele conservava em seu coração a fé. Uma prova disso é que por baixo das suas roupas luxuosas ele usava o cilício, ou seja, fazia penitências, rezava, mas não conseguia romper com o mundo para seguir a Deus.

Certo dia, muito angustiado porque não conseguia encontrar a verdadeira felicidade - que só Cristo pode nos dar -, ele se pois a assistir uma procissão com uma imagem de Nossa Senhora. Eis que ao fitar os olhos na imagem, Nossa Senhora lhe falou: "Francisco, o que fazes no mundo? Tu não foste feito para ele. Segue a tua vocação!" Depois de ouvir a voz da Mãe de Deus, Francisco se decidiu a seguir a vida religiosa; entrou na Congregação dos Passionistas, assumindo o nome de Gabriel das Dores de Nossa Senhora.

Muitas pessoas estão da mesma forma que S. Gabriel: conheceram a Jesus, tem até uma experiência com Deus, conhecem a Palavra, mas por causa da carne viciada no pecado não conseguem romper com o mundo. Se te encontras nesta situação, caríssimo irmão, caríssima irmã, faça o mesmo que S. Gabriel, fite os olhos na Virgem Maria e clame Sua Misericórdia. Ela com certeza há de conseguir a graça da contrição e nos dará a graça de romper com o mundo, de fazer a vontade de Deus.
O que Nossa Senhora falou para São Gabriel das Dores serve para nós, homens e mulheres do século XXI. O CVII ensina-nos que a vocação universal do homem é a santidade. Ora, Nossa Senhora disse para São Gabriel: Segue a tua vocação! - Precisamos seguir a nossa vocação. O mundo, esta mentalidade mundana, relativista, não foi feita para nós. Nós somos filhos de Deus, fomos feito para o Céu. Sigamos a vontade de Deus. Quem for casado, viva a vocação matrimonial como deve ser vivida, em santidade, aberta ao dom da vida; quem for sacerdote ou religioso, que viva a entrega de amor a Jesus como deve ser feita. Enfim, cada um no seu chamado, cada um em seu estado de vida, mas todos buscando a santidade sem a qual não veremos a Deus, como diria o Apóstolo S. Paulo. O mundo não foi feito para nós, sigamos nossa vocação.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

O que será de mim, Mãe? | Um Mês com Maria #6


Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!

São Maximiliano Maria Kolbe quando criança era um tanto quanto bagunceiro. Certo dia após suas traquinagens, sua mãe perguntou-lhe: "meu filho, o que será de você?" Essas palavras mexeram profundamente com o pequeno Raimundo (nome de Batismo de Maximiliano). Ele dirigiu-se, então, para uma imagem de Nossa Senhora e perguntou-lhe: o que será de mim? Eis que Nossa Senhora apareceu trazendo-lhe duas coroas: uma branca, representando a pureza, e a outra vermelha, representando o martírio. Perguntou se ele aceitava, e ele respondeu que sim.

Depois desta aparição de Nossa Senhora, o pequeno Raimundo mudou o comportamento. Cumpriu a profecia, ou melhor, assumiu de fato as coroas ofertadas por Nossa Senhora: viveu a pureza cumprindo votos de castidade como religioso na Ordem dos Frades Menores Conventuais, e foi mártir num campo de concentração nazista. Glorificou a Deus pelo martírio.

Além da figura de S. Maximiliano neste episódio de graça extraordinária mariana, chama-me a atenção a figura da mãe de Maximiliano. Ela perguntou o que seria de seu filho, e este correu para os pés da Virgem Maria. Este é um sinal claro que sua mãe era devota. Aliás, seus pais eram devotíssimos, católicos fervorosos. Portanto, ele podendo perguntar o que seria dele pra quem quer que fosse, ele foi pra Nossa Senhora, porque com certeza via seu pai e sua mãe recorrendo a mesma imagem tantas e tantas vezes.

Queres que teus filhos vivam a fé? Viva você primeiro! Quer que seus filhos sejam santos? Busque viver a santidade em primeiro lugar. Infelizmente muitos pais acham que dar a fé para os filhos é obrigá-los a ir para a turma de catequese. Não. Faça da sua casa uma verdadeira Igreja doméstica! Tenha uma família que reza unida. Família que reza unida NUNCA se separa. Família unida pelas contas do Rosário NUNCA se separa.

Talvez estejamos numa fase da vida que não encontremos sentido nas coisas. Mas, alegrai-vos - digo com o Apóstolo! Repito: alegrai-vos no Senhor! Recorrei à Virgem e pergunte: Mãezinha do Céu, Mãe de Misericórdia, o que será de mim? Ela nos levará para o Céu. Ela também nos apresenta uma coroa em especial: a coroa da vida eterna. Recorramos a Ela, e Ela - que é Mãe de Misericórdia - encherá nossa vida de sentido, da plenitude da Paz, e nos conduzirá para a glória do Céu.

Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!
Viva Cristo Rei!


quinta-feira, 5 de maio de 2016

O santo Cinto de Nossa Senhora | Um Mês com Maria #5



Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!

Você sabia que a Igreja Católica possui a relíquia do Cinto de Nossa Senhora? É, isso mesmo: a Igreja tem o santo Cinto da Santíssima Virgem Maria!

Diz uma antiga Tradição da Igreja que Nossa Senhora, ao saber que seria assunta ao Céu, avisou os apóstolos que prontamente se reuniram para prestar as últimas homenagens. Menos quem? Menos São Tomé. O santo então, duvidando da assunção da Virgem, pediu para ver o local aonde havia sido colocado à Santíssima Virgem antes de ser assunta. Ao abrirem o local, cheiro de rosas, e então São Tomé foi agraciado com a visão de Nossa Senhora no Céu, na glória, que para dar uma prova contra sua falta de fé, tirou o Cinto que usava e lançou para ele como prova de que estava no Céu de Corpo e Alma.

São Tomé levou o Cinto de Nossa Senhora em suas missões. Hoje o cinto está na Catedral de Prato, na Itália.

Você provavelmente está se perguntando: como saber se essa história é verdadeira e se é mesmo este o Cinto de Nossa Senhora? Pois bem, a providência divina fez com que em um dia em que se costumava expor todas as relíquias da Igreja para abençoar os doentes, possessos, etc., se colocou também a caixa com o Cinto de Nossa Senhora. Pegaram uma pessoa possessa e colocaram diante da Sagrada Relíquia, que ao tocar na mesma começou a gritar dizendo que se tratava do Santo Cinto da Santíssima Virgem Maria e libertou a pessoa possessa. O milagre comprovou a veracidade.

Santo Agostinho erigiu uma confraria do Santo Cinto - ou da Correia - de Nossa Senhora. Uma santa também clamando um auxílio dos Céus em meio as tentações, teve a visão de Nossa Senhora entregando-lhe Seu Cinto, que fez com que a santa vencesse as tentações de impureza.

Portanto, se você está sofrendo tentações de impureza, peça à Nossa Senhora que espiritualmente te cinja com Seu Santo Cinto e repila para longe de você os demônios impuros. Tá difícil viver a castidade? É, não está fácil pra ninguém. Então, caríssimos, roguemos sem cessar à Nossa Senhora da Correia que nos prenda a Ela, ao Seu Coração, dando-nos a graça da Pureza.

Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!




quarta-feira, 4 de maio de 2016

Maria, Rainha do Brasil | Um Mês com Maria #4

Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!

Pouca gente sabe, mas a Santíssima Virgem Maria é Rainha do Brasil. Sim, claro, uma vez que Deus A elevou à dignidade de Rainha do Céu e da Terra, é óbvio que isso inclui o Brasil. Porém, a ligação da Santíssima Virgem com o Brasil, que a fazem ser Rainha do país de maneira especial, é bem mais profunda.

Quando o Brasil era um Império, uma tal de Princesa Isabel - aquela mulher que fez a caridade de libertar os escravos - sucederia D. Pedro II. Só que deram um golpe no Império; o Brasil tornou-se uma República. Vendo-se impedida de ser Imperatriz do Brasil, conta-se que a Princesa Isabel mandou fundir suas joias e fazer com elas uma coroa, e mandou colocar na imagem de Nossa Senhora Aparecida; porque, segundo ela, se não poderia ser Imperatriz do Brasil, era Nossa Senhora Aparecida que seria nossa Rainha.

Portanto, a Virgem Maria é nossa Rainha por direito. O Brasil é Terra de Santa Cruz. Temos Jesus como Rei, e Nossa Senhora Aparecida como Rainha. Sim, o Brasil é a verdadeira terra da Rainha, afinal, a nossa Rainha é bem mais nobre: é a Mãe do Rei dos Reis! É a Senhora do mundo!

Mas para que o Brasil viva sob o reinado desta Augusta Rainha do Céu e da Terra, é preciso que nós vivamos como Seus fiéis súditos. Como temos vivido: servindo à Rainha Maria com uma vida de virtude, com nossas orações, rosários, etc.; ou ao príncipe deste mundo pecando e ofendendo a Deus?

Escolha a quem você quer servir. Escolhamos, pois, a Deus e a Santíssima Virgem! Escolhamos o Céu! Eu prefiro o Paraíso com Deus e a Santíssima Virgem Maria!


terça-feira, 3 de maio de 2016

As 7 Dores de Maria e Suas Promessas | Um Mês com Maria #3



Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!

Santa Brígida diz-nos, nas suas revelações aprovadas pela Igreja Católica, que Nossa Senhora lhe prometeu conceder sete graças a quem rezar cada dia, sete Ave-Marias em honra de suas principais Sete dores e Lágrimas, meditando sobre as mesmas.

Eis as promessas:

1ª - Porei a paz em suas famílias.
2ª - Serão iluminados sobre os Divinos Mistérios.
3ª - Consolá-los-ei em suas penas e acompanhá-los-ei nos seus trabalhos.
4ª - Conceder-lhes-ei tudo o que me pedirem, contanto que não se oponha à vontade de meu adorável Divino Filho e à santificação de suas almas.
5ª - Defendê-los-ei nos combates espirituais contra o inimigo infernal e protegê-los-ei em todos os instantes da vida.
6ª - Assistir-lhes-ei visivelmente no momento da morte e verão o rosto de Sua Mãe Santíssima.
7ª - Obtive de Meu Filho que, os que propagarem esta devoção (às minhas Lágrimas e Dores) sejam transladados desta vida terrena à felicidade eterna, diretamente, pois ser-lhe-ão apagados todos os seus pecados e o Meu filho e Eu seremos a sua eterna consolação e alegria.


Santo Afonso Ligório nos diz que Nosso Senhor Jesus Cristo prometeu, aos devotos de Nossa Senhora das Dores as seguintes graças:

Eis as Graças:

1ª – Que aquele devoto que invocar a divina Mãe pelos merecimentos de suas dores merecerá fazer antes de sua morte, verdadeira penitência de todos os seus pecados.
2ª - Nosso Senhor Jesus Cristo imprimirá nos seus corações a memória de Sua Paixão dando-lhes depois um competente prêmio no Céu.
3ª - Jesus Cristo guardá-los-á em todas as tribulações em que se acharem, especialmente na hora da morte.
4ª - Por fim os deixará nas mãos de sua Mãe para que deles disponha a seu agrado, e lhes obtenha todos e quaisquer favores.

(As dores de Maria são: 1- A espada de dor a transpassar Seu Coração conforme a profecia de Simeão no Templo; 2- a fuga da Sagrada Família para o Egito; 3- A perca do menino Jesus no Templo; 4 - O encontro com Jesus carregando a Cruz; 5 - a dor de ver Jesus ser crucificado e morto no Calvário; 6 - Ela recebe Jesus morto e transpassado pela lança em Seus braços; 7 - Acompanha o Corpo de Jesus até o sepulcro)

Adquira o E-book "A Corredenção de Nossa Senhora - a Virgem dolorosa no Calvário": http://hotmart.net.br/show.html?a=L4245261R


segunda-feira, 2 de maio de 2016

Auxílio dos Cristãos | Um Mês com Maria #2



Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!

A devoção à Nossa Senhora Auxiliadora tem sua origem na pessoa de São João Bosco. Este grade santo da Igreja, como sabemos, tinha sonhos proféticos. Deus revelou-lhe grandes coisas através de seus sonhos. Em alguns deles, Nossa Senhora ela descrita como Auxiliadora dos Cristãos.

Em determinado sonho, muito conhecido, S. João Bosco viu uma barca (Igreja) guiada pelo Papa em um mar agitado. E quando o barco estava para afundar, o Papa prendia a barca em duas colunas que apareciam ao lado. S. João Bosco percebeu que em uma das colunas estava o Santíssimo Sacramento, e embaixo escrito Salus Credentium (Salvação dos que creem); e na outra coluna estava Nossa Senhora, com a seguinte inscrição: Auxilium Christianorum (Auxílio dos Cristãos). Prendendo a Igreja no Santíssimo Sacramento e na devoção à Virgem Maria, a Igreja não afundou - e não afundará NUNCA!

Se vemos, por exemplo, uma crise na Igreja - como costumam falar -, é porque tem faltado amor à Santa Missa e devoção à Nossa Senhora.

A Igreja vai dizer que a família é a Igreja Doméstica. Ora, a família passa por grandes tribulações, por grandes ataques. Querem implantar a cultura do provisório, de um usar o outro: adultério, divórcio, brigas; aborto; perversão das crianças, etc. O demônio faz um ataque. Que família vive inspirada na Sagrada Família de Nazaré? Mas, se a família vai mal, podemos constatar, com tristeza, que tem faltado tanto a Missa, como a devoção à Virgem. Se há 50 anos atrás as famílias, ricas ou pobres, se reuniam por volta das 18:00h para rezar o seu Santo Terço, hoje, quando se reúnem, é para ver novelas que ensinam e propagam a imoralidade. Temos rejeitado o Auxílio desta Auxiliadora dos Cristãos. Talvez você esteja passando por uma provação, por uma situação difícil na família (com os pais, esposo(a), filhos, etc), portanto, caríssimos, suplicai o auxílio da Mãe de Deus que te sustentará. Se o adultério, o alcoolismo, ou qualquer outro mal quer afundar a barca da tua família, consagre tua família à Nossa Senhora, suplique Seu auxílio, Comungue e adore Jesus Sacramentado por Ela.

Não importa o momento de dificuldade que você tem passado, eu sei que você não afundará se estiver confiando sua vida à Nossa Senhora e à Jesus. Amém?

Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!
Viva Cristo Rei!


domingo, 1 de maio de 2016

Não estou eu aqui, tua Mãe? | Um Mês com Maria #1



Quando S. Juan Diego estava preocupado com seu tio doente, desviando do caminha que Nossa Senhora lhe havia pedido, Ela aparece para S. Juan, e lhe traz uma mensagem cheia de esperança:

"Escuta, e põe em teu coração, filho meu, o menor: o que te assusta e aflige não é nada. Não se perturbe teu rosto, teu coração; não temas esta enfermidade, nem qualquer outra enfermidade e angústia. Não estou eu aqui, tua Mãe? Não estás sob minha sombra e minha proteção? Não sou eu a fonte de tua alegria? Não estás porventura em meu regaço? Tens necessidade de alguma outra coisa? Que nenhuma outra coisa te aflija, nem te perturbe. Não te assuste a enfermidade de teu tio, porque dela não morrerá por agora. Tem por certo que já sarou."

Meus irmãos e irmãs, não sei como você se encontra ao ler este texto ou ao assistir o video acima; mas eu sei que a Virgem Maria, nossa Mãe, está contigo. Não importa se você passa por um momento de dor, de doença, de cruz, de desemprego; não importa se você sofre pela perca de uma pessoa querida que partiu; não importa se o fim de um relacionamento, enfim, eu não sei o que te faz sofrer. Mas eu sei que Nossa Senhora, assim como disse para S. Juan Diego, também te diz neste momento: Não estou eu aqui, tua Mãe?

Do que mais precisamos? Na dor, Ela nos alivia. Na Cruz, Ela nos dá força para perseverar. Nas trevas, Ela vem nos iluminar. Na solidão, Ela vem estar presente nos fazendo compania. Nunca diga que estás só, afinal, Deus está contigo. E este Deus maravilhoso, no madeiro da Cruz, disse-nos: eis aí a tua Mãe. Nossa Mãe não nos abandona.

Entregue tuas dores à Maria. Consagre-se a Ela. E verás, então, que nunca nos faltará o auxílio desta terna e misericordiosa Mãe. Mãe de Deus, e nossa Mãe!

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Católico, vamos falar de Política?



Algumas pessoas estão compartilhando uma gif mostrando a foto de alguns políticos dizendo que a solução não é a Dilma, nem Temer, nem Cunha, nem Aécio, nem Marina; a solução, segundo a gif, está na "reforma política". Minha reflexão é: na reforma política quem governaria? Pediremos para os japoneses criarem um robô presidencial que colocará ordem nessa bagaça?




Não sejamos ingênuos! É preciso uma reforma política, porém, quem estará no comando são PESSOAS. Não adianta mudar as regras do jogo se as cartas do baralho serão as mesmas. Se os bons não entrarem na política, se não apoiarmos os bons, não vai ter reforma política, não vai ter mudança positiva para o POVO. De Collor à Dilma; de Dilma ao "primeiro próxima"; vamos todos nos ferrar.



Mais urgente que a reforma política, se faz necessário uma consciência e uma efetiva participação Política. Política não é coisa do diabo. A Política faz parte da vida em sociedade; a família é a base da sociedade. Portanto, se nossa família não é do diabo, a Política diz respeito sim aos filhos de Deus. Não podemos deixá-la nas mãos dos canalhas, porque senão os canalhas estarão se entrometendo na nossa vida familiar por meio de leis iníquas. 

Reforma política é utopia se o máximo que faço pela política é compartilhar no face. Avante! Trabalhar! Estudar! Rezar! Agir!

A iniciativa dos cristãos leigos é particularmente necessária quando se trata de descobrir, de inventar meios para impregnar as realidades sociais, políticas e econômicas com as exigências da doutrina e da vida cristãs. Esta iniciativa é um elemento normal da vida da Igreja." (Catecismo da Igreja Católica 899)

"A audácia dos maus se alimenta da covardia e da omissão dos bons" (Papa Leão XIII) 

"Para o cristão, é uma obrigação envolver-se na política. Nós, cristãos, não podemos «jogar a fazer o Pilatos», lavar as mãos. Não podemos! Devemos envolver-nos na política, pois a política é uma das formas mais altas da caridade, porque busca o bem comum. E os leigos cristãos devem trabalhar na política. Dir-me-ás: «Não é fácil!» Também não é fácil tornar-se padre. Não há coisas fáceis na vida. Não é fácil; a política está muito suja; e ponho-me a pergunta: Mas está suja, porquê? Não será porque os cristãos se envolveram na política sem espírito evangélico? Deixo-te esta pergunta: É fácil dizer que «a culpa é de fulano», mas eu que faço? É um dever! Trabalhar para o bem comum é um dever do cristão! E, muitas vezes, a opção de trabalho é a política. Há outras estradas: professor, por exemplo, é outra estrada. Mas a actividade política em prol do bem comum é uma das estradas. Isto é claro." (Papa Francisco)

(PARA SABER MAIS, ASSISTA AO VÍDEO NO INÍCIO DESTE POST)


sábado, 9 de abril de 2016

Que surjam ações de evangelização infanto-juvenil!

Nós católicos, de maneira especial os leigos, precisamos nos engajar na evangelização das crianças e jovens. Além dos dons particulares que Deus concede a cada um, temos o avanço tecnológico - que também é um dom de Deus - que podemos usar a nosso favor. Por isso, que surja desenhos, gibis, enfim, que surja um conteúdo católico de qualidade.

Mas quando falo de conteúdo para crianças, não falo necessariamente de somente fazer desenhos bíblicos ou de Nossa Senhora. Claro, é bom que façamos. Mas uma forma de atrair é usar a própria fantasia da criança para impregnar dos valores evangélicos. Se você tem o dom de desenhar, animar, escrever histórias infantis, não precisa apenas desenhar Davi, você pode escrever uma mitologia, uma grande aventura, e dentro desta história colocar princípios cristãos e práticas católicas.

Parece bobagem, mas já li o testemunho de uma jovem americana que se converteu ao catolicismo, dentre outros motivos, por causa do personagem Norturno de x-men (que é colocado na história como católico) e porque percebeu que em filmes de exorcismo normalmente estava a presença de um padre católico. Escreva uma emocionante aventura para as crianças e adolescentes, que de início não se deparem com uma pregação, mas que a própria vida dos personagens pregue a vivência do Evangelho: perdão, caridade, confissão, comunhão sacramental, etc.

O grande problema dos desenhos e histórias que as crianças e adolescentes assistem/leem hoje, é que boa parte tem conteúdo com contaminação de nova era e/ou sentido relativista. Outro dia fui prestar atenção no desenho que um menino assistia, e uma personagem (boa) tinha como pai um demônio, que era mal, mas na verdade, ele começava a ser muito bom, um bom pai, e depois mostrou o demônio que era. Bom, precisamos de histórias que tenham personagens claros: quem é do bem, quem é do mal. O problema não está no mito, o problema está na visão relativista que se passa para a criança num tempo de formação.

Eu sei que tem gente aqui que pode escrever boas e santas histórias! Eu sei que tem gente aqui que pode fazer boas histórias em quadrinhos! Eu sei que tem gente aqui que pode fazer uma boa animação infantil! Eu só não sei se tem gente disposta a arregaçar as mangas e trabalhar para promover as coisas boas e santas, com a desculpa de que o mal já se espalhou. É, a audácia dos maus se alimenta da covardia e da omissão dos bons - como ensinara Leão XIII. E começa ano, finda ano, e os filhos deste solo só se alimentam de podridão, porque nós, medíocres que somos, não colocamos em prática os dons que Deus nos deu. Leia Mateus 25,14-30 e peça a Jesus o dom da criatividade para evangelizar por todos os meios lícitos.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Terceiro Segredo de Fátima | OFICIAL


Salve Maria Imaculada, nossa Co-Redentora e Mãe!

Com certeza você já viu circular por aí algum vídeo ou texto sobre algumas assustadoras mensagens supostamente ditas por Nossa Senhora em Fátima. Não é verdade? Porém, muito cuidado com algumas pseudo mensagens marianas; uma vez que algumas são provenientes de supostas aparições não aprovadas pela Igreja (algumas até condenadas por conter erros grosseiros) e outras acréscimos inventados pelas pessoas.
            Um caso de confusão feita com as mensagens de Nossa Senhora é, como citado acima, a de Fátima. Antes da virada do segundo para o terceiro milênio, a Igreja não havia revelado a terceira parte da mensagem de Nossa Senhora – que ficou conhecido como “o terceiro segredo”. Desde quando a mensagem estava sob sigilo, havia várias e várias especulações, versões e mais versões do que Nossa Senhora teria falado (como se não tinha acesso ao segredo?). O fato é que mesmo com a Congregação da Doutrina da Fé, a pedido de São João Paulo II, revelando a terceira e última parte do “Segredo de Fátima”, as versões falsas da mensagem não pararam de circular. Apesar de a internet facilitar o acesso a verdade, aos documentos da Igreja, enfim, o que mais se encontra na internet são as falsas versões.
            Por isso posto aqui a mensagem de Nossa Senhora REAL, conforme a Igreja mostrou para o mundo. Abaixo vocês poderão ler o chamado “Terceiro Segredo” OFICIAL. O que for além do que está escrito abaixo não passa de mera especulação/conspiração. A mensagem OFICIAL desta aparição, aprovada pela Igreja, é sim terrível. Muito forte. Porém, boa parte se cumpriu e já está se cumprindo. Não quero fazer comentários – não aqui neste post -, mas me reservo o direito de falar que a perseguição, o Papa sendo perseguido, cristãos sendo martirizados, etc, já se cumpriram nas pessoas dos Papas e fiéis do século passado e deste. Não só se cumpriram, mas se cumprem. O próprio Papa Francisco outro dia comentava sobre a perseguição religiosa que os cristãos sofrem hoje no oriente médio, realçando o grandioso número de mártir que, segundo algumas fontes, chegam a superar o da Igreja primitiva.
            Feitas essas considerações, eis o verdadeiro “Terceiro Segredo de Nossa Senhora de Fátima”:

«J.M.J.
A terceira parte do segredo revelado a 13 de Julho de 1917 na Cova da Iria-Fátima.
Escrevo em acto de obediência a Vós Deus meu, que mo mandais por meio de sua Ex.cia Rev.ma o Senhor Bispo de Leiria e da Vossa e minha Santíssima Mãe.
Depois das duas partes que já expus, vimos ao lado esquerdo de Nossa Senhora um pouco mais alto um Anjo com uma espada de fôgo em a mão esquerda; ao centilar, despedia chamas que parecia iam encendiar o mundo; mas apagavam-se com o contacto do brilho que da mão direita expedia Nossa Senhora ao seu encontro: O Anjo apontando com a mão direita para a terra, com voz forte disse: Penitência, Penitência, Penitência! E vimos n’uma luz emensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas n’um espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de Branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Varios outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fôra de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dôr e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de juelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam varios tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás outros os Bispos Sacerdotes, religiosos e religiosas e varias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de varias classes e posições. Sob os dois braços da Cruz estavam dois Anjos cada um com um regador de cristal em a mão, n’êles recolhiam o sangue dos Martires e com êle regavam as almas que se aproximavam de Deus.
Tuy-3-1-1944 ».
Na transcrição, respeitou-se o texto original mesmo quando havia erros e imprecisões de escrita e pontuação, os quais, aliás, não impedem a compreensão daquilo que a vidente quis dizer.

Texto da mensagem retirado da obra Memórias da Irmã Lúcia.

Assista abaixo vídeos que abordam as mensagens de Nossa Senhora de Fátima.

Salve Maria Imaculada, nossa Corredentora e Mãe!